Investir em um imóvel ou em fundo imobiliário? Qual a melhor opção?

Tempo de leitura: 3 minutos

Muitos investidores iniciantes se perguntam se é melhor investir em imóvel ou em fundo imobiliário. Por isso podem se sentir inseguros em incluir imóveis em sua carteira de investimentos.

As principais maneiras de se fazer isso incluem, basicamente, duas opções: investir em imóvel ou em fundo imobiliário.

Neste post, você vai conhecer os prós e contras de cada alternativa para decidir qual delas é mais adequada para você. Acompanhe:

Compra de imóveis

Provavelmente, você já viu alguém planejando comprar uma casa ou apartamento com o objetivo de alugá-los e lucrar com isso. Também é possível adquirir um espaço próprio para depois revendê-lo por um valor maior, mas a curto prazo, é com o aluguel que o investimento em imóveis rende periodicamente.

Estabelecimentos comerciais costumam ser bastante procurados por investidores, pois requerem baixos custos de manutenção e apresentam um índice de rentabilidade que geralmente varia entre 0,4% a 1%.

No caso dos imóveis residenciais, a rentabilidade é menor devido à estabilidade que esse tipo de aluguel oferece (menos chance do locatário se mudar por causa aos altos e baixos da economia), apresentando um índice entre 0,2% a 0,5%.

Para investir em imóvel ou em fundo imobiliário, é preciso ter uma certa quantia reservada para isso. No primeiro caso, as economias devem ser ainda maiores, pois a compra do imóvel à vista é mais recomendada do que o financiamento para evitar surpresas e o acúmulo de dívidas.

Vantagens

  • possibilidade de bons rendimentos todos os meses;

  • tende a gerar mais lucros a longo prazo;

  • você pode dispor do imóvel para uso próprio. Afinal, está investindo em algo seu.

Desvantagens

  • necessidade de pagamento de imposto de renda sobre os aluguéis;

  • incerteza da presença de locatários;

  • necessidade de pagamento de taxas para a imobiliária.

Fundos imobiliários

Fundos Imobiliários são, basicamente, recursos para aplicação de ativos em imóveis comerciais (como hospitais, shoppings, agências bancárias, aeroportos, etc.). Geralmente, possuem oscilações diárias tão altas quanto ações, e suas cotas são negociadas diretamente na Bolsa de Valores.

A rentabilidade desse tipo de investimento pode variar, mas no geral, boas opções de fundos apresentam um índice de 0,7% a 1% ao mês, sendo calculada pelo valor dos dividendos vezes o valor pago pela cota.

Vantagens

  • não dependem da aquisição de um imóvel;

  • são isentos do imposto de renda;

  • apresentam grande variedade de fundos com liquidez.

Desvantagens

  • falta da participação de investidores estrangeiros;

  • risco de vacância (o empreendimento pode não ser alugado);

  • possibilidade de altas taxas de administração sobre os fundos.

O ideal para cada perfil

Antes de se atentar para o mercado imobiliário, é preciso dar uma boa olhada em si mesmo, pois cada investidor possui um perfil diferente, e isso deve influenciar a escolha de seu tipo de investimento em imóveis.

Os mais conservadores, por exemplo, devem apostar nos fundos imobiliários, que oferecem uma renda fixa de baixo risco. Investidores mais arrojados, por outro lado, podem preferir a compra do imóvel para revenda ou aluguel. Essa opção, apesar de apresentar mais instabilidades, também é capaz de ser mais lucrativa à longo prazo.

Lembre-se de que, independentemente de se investir em imóvel ou em fundo imobiliário, todas as alternativas possuem riscos e exigem muito estudo prévio sobre o mercado atual.

Gostou desse post? Para continuar por dentro do conteúdo do blog, assine nossa newsletter e receba todas as novidades do mercado imobiliário diretamente no seu e-mail.

Sobre Perez Imóveis

Ser referência no mercado imobiliário no estado de Mato Grosso do Sul é nosso objetivo. Sempre na vanguarda, trabalhamos para que você tenha a melhor experiência em comprar ou vender seus imóveis. Mas se você quiser empreender, também estamos prontos para te atender. Selecionamos terreno, método construtivo e projetos para que você tenha retorno sobre investimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *