Consórcio ou financiamento? Qual é a melhor opção?

Tempo de leitura: 3 minutos

Gerar patrimônio e ter mais segurança para passar pelos períodos de crise é algo extremamente desejável para qualquer pessoa. Dentro desse contexto, existem algumas maneiras diferentes de adquirir uma propriedade e cada uma delas tem seus benefícios e suas desvantagens. Em meio a esse turbilhão de informações, uma das dúvidas mais comuns é decidir entre o consórcio ou financiamento.

As duas opções estão em alta, pois nem sempre temos dinheiro suficiente para fazer uma proposta à vista. Quer conhecer um pouco mais sobre cada uma e decidir qual é a escolha que mais se encaixa no seu perfil? Então confira atentamente o conteúdo que preparamos!

Consórcio

Vantagens

Os consórcios estão em alta, especialmente por conta das vantagens que podem oferecer. Como ele é uma espécie de autofinanciamento, no qual um grupo de pessoas se reúne para adquirir um bem, um dos seus maiores benefícios é exatamente a ausência da incidência de juros.

No lugar desse percentual é cobrada apenas uma taxa fixa de administração pela empresa organizadora, que é invariavelmente mais baixa. Pode até haver uma eventual cota extra para cobrir possíveis perdas no fundo de reserva, mas é fundamental ter em mente que, quando comparado com o financiamento, o gasto é muito menor.

Desvantagens

Uma das desvantagens que pesa na hora de decidir entre consórcio ou financiamento é a possibilidade de uso imediato. Em um grupo de investimento voltado para o autofinanciamento, o sonho de ser contemplado pode levar anos para se realizar. Se o prazo é de 120 meses, por exemplo, é preciso pensar que alguém será sorteado apenas na parcela 120.

Dessa maneira, quem pensa em sair imediatamente do aluguel pode ter que esperar bastante. Outro problema é quando há a desistência do negócio. Mesmo que o contrato preveja que você receba um percentual da quantia que aplicou, será inevitável ter alguma perda financeira ao sair do grupo.

Financiamento

Vantagens

O financiamento pode ser mais vantajoso para um perfil específico de pessoas. Quem pretende adquirir um imóvel de custo menor, por exemplo, pode aproveitar os benefícios federais, como o programa Minha Casa Minha Vida, por exemplo. Clientes antigos de bancos particulares ou que possuam estabilidade de emprego também podem ter mais facilidades.

Além disso, essa alternativa possibilita a mudança imediata. Uma vez que o cliente supera os trâmites legais para receber o crédito e finaliza a transferência, já é possível se mudar imediatamente para a nova propriedade, ganhando mais segurança e economizando as parcelas do aluguel.

Desvantagens

A burocracia é outro item que pesa para quem está na dúvida entre consórcio ou financiamento. Enquanto as administradoras facilitam bastante a entrada dos clientes nos grupos, os bancos e instituições financeiras costumam cobrar uma papelada grande e fazer uma análise criteriosa antes de liberar o crédito.

As taxas de juros também são um problema. Elas incidem em um percentual elevado nos empréstimos bancários e acabam fazendo com que a pessoa pague um preço muito mais alto do que o valor à vista da propriedade em questão.

E agora, pronto para decidir entre consórcio ou financiamento? Gostou do conteúdo? Então confira também o este e-book e aprenda como organizar suas finanças pessoais sem perder dinheiro!

Sobre Perez Imóveis

Ser referência no mercado imobiliário no estado de Mato Grosso do Sul é nosso objetivo. Sempre na vanguarda, trabalhamos para que você tenha a melhor experiência em comprar ou vender seus imóveis. Mas se você quiser empreender, também estamos prontos para te atender. Selecionamos terreno, método construtivo e projetos para que você tenha retorno sobre investimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *